Notícias

Audiência Pública da Educação foi realizada em Santa Rita do Araguaia

Audiência Pública da Educação foi realizada em Santa Rita do Araguaia

Foi realizada na última sexta-feira, 15, a Audiência Pública da Educação para avaliar as metas propostas pelo município. A audiência deverá ser realizada anualmente, pois é uma maneira de o governo federal avaliar se as propostas estão sendo cumpridas ou não e o que pode ser melhorado.

 

Conforme a assessora pedagógica da educação Ilza Pereira, o balanço sobre as metas foi significativo mesmo com a situação atual que se encontra o país. “Mesmo devido uma serie de fatores que dificultaram as metas, nós tivemos um avanço muito significativo”, disse Ilza. Completa ainda que uma das metas conquistadas foi a gestão democrática. “Temos uma lei própria que regulamenta a gestão democrática, hoje não são os dirigentes municipais que escolhem os gestores escolares, mas sim uma eleição para os eleitores”, explica.

 

Outras conquistas apontadas foi o PCCR que é o Plano de Cargos e Carreiras para os profissionais do magistério e nele fica estabelecido que o município assim, por Lei Federal, não tenha professor que ganhe menos do que o piso nacional. As escolas do município ficaram com a melhor nota do Índice de Educação Básica (IDEB) e já ultrapassou a meta projetada pelo Governo Federal para 2020.

 

“Isso são motivos de grande felicidade para a classe porque demonstra o empenho e trabalho de todos e porque realmente Educação não se faz sozinho”, explica Ilza. A assessora pedagógica acrescenta que a educação ocorre a passos lentos. “Se todos caminharem juntos e vestirem a camisa, nós, com certeza teremos condições de melhorara a qualidade de educação”, completa.

 

Segundo a assessora pedagógica da educação, na avaliação do próximo ano será realizado um mini censo no município para que possam ter dados mais palpáveis e ver com mais profundidade a aplicação das metas. Materiais serão enviados para os professores estudarem e darem sugestões de estratégia que possa evoluir cada vez mais. Formando uma base concreta as crianças poderão avaliar criticamente os seus dirigentes levando sempre em consideração a qualidade da proposta.

 

No plano de cargos e carreiras o objetivo é mostrar que a classe dos professores tem os mesmos direitos e este é um dos assuntos primordiais. Neste ano um projeto que requer parceria com o governo federal e um dos melhores que o já investiu na educação, o PNAIC, o projeto tem por objetivo tentar aumentar o número de crianças até oito anos de idade. “Com depoimentos de professores e dos alunos temos visto que foi muito bom para a educação, então, vamos continuar investindo. Todos nós estamos tentando o índice de atendimento de crianças de zero a três anos, que é muito baixo”, aponta Ilza Pereira.

 

 Assessoria de Imprensa

Aline dos Anjos

Desenvolvimento para todos!!!


Compartilhar:

Galeria

Gallery Thumb 1 Gallery Thumb 1 Gallery Thumb 1